Publicado em

Afinal, você sabe o que é Mediunidade?

o que é mediunidade

Para começar esse papo quebrando um tabu, a mediunidade é inerente ao ser humano. Em outras palavras, todos os seres humanos têm mediunidade em sua natureza. 

Mediunidade é um conjunto de faculdades sensitivas que colocam o indivíduo em contato com o plano espiritual e sutil. Agora, vamos pensar… Todo o ser humano possui um espírito, ouve, percebe e sente uns aos outros. 

Logo, todos nós temos essas capacidades. O único porém é que, quando desencarnados, vibramos numa frequência diferente de quando estamos encarnados. E conseguir sentir e perceber essa outra frequência é o que nos caracteriza como médiuns.

Médium, então, um intermediário, um instrumento de comunicação segundo a natureza. Médiuns são canais de comunicação entre o plano físico e os planos espirituais.

Desenvolvimento Mediúnico

Desenvolver a mediunidade significa aprender ou aprimorar as faculdades mediúnicas que cada um já tem a sua disposição e até treinar novas habilidades.

Podemos desenvolver essa mediunidade à medida que evoluímos e nos corrigimos perante as Leis Divinas, aumentando nossas percepções. Ou quando somos incubidos de uma tarefa que assumimos nos planos espirituais.

Independente da forma, quando atuamos como médiuns, somos plenamente responsáveis por tudo o que fazemos. Estamos comprometidos a auxiliar nossos irmãos e também a nós mesmos.

Quando mais nos aprofundamos na nossa própria mediunidade, deixamos as ilusões de lado e passamos a nos dedicar ao que realmente importa. Começando pelo entendimento de nossa natureza, que é essencialmente espiritual e não material. Até a compreensão de nossa missão pessoal.

Tipo de Mediunidade

Temos uma gama grande de fenômenos mediúnicos que vão desde os mais sutis até mesmo aos de efeitos físicos. Vamos abordar a mediunidade de um ponto de vista prático. 

Existem então fenômenos considerados paranormais e outros realizados por espíritos. Um fenômeno mediúnico só pode assim ser considerado apenas quando uma entidade espiritual realiza algo através de um encarnado, um mediador.

Quando um espírito realiza uma ação direta na matéria, devemos chamar de fenômeno espiritual ou poltergeist. E quando um encarnado realiza uma ação diretamente no lado espiritual, devemos chamar de fenômeno anímico ou paranormal.

Aqui na Casa de Miguel buscamos auxiliá-los a desenvolver esses principais fenômenos em cursos e vivências para nos tornarmos cada vez mais empoderados de nossas forças e assim compreender o universo à nossa volta.